Últimas

Acusados de tentativa de latrocínio no Guarujá são condenados

Dois homens foram condenados por decisão da 3ª Vara Criminal de Guarujá sob a acusação de tentativa de latrocínio praticado contra três vitimas em um conhecido morro da cidade. As penas foram fixadas em oito anos de reclusão, em regime inicial fechado, e pagamento de quatro dias-multa, pelo crime de latrocínio tentado, e um ano de reclusão, em regime inicial aberto, por corrupção de menor.

Segundo a denúncia, policiais militares patrulhavam a região, onde com frequência são praticados crimes de roubo e furto, quando um motociclista passou a informação sobre um delito que estaria ocorrendo naquele momento, com disparos de armas de fogo. Os PM foram ao local e se depararam com dois suspeitos, e os detiveram. O adolescente envolvido nos crimes já havia sido dominado por populares.

As vítimas prontamente reconheceram os acusados e contaram em juízo que só não foram mortas porque a arma dos réus falhou. Ao proferir a sentença, o juiz Edmilson Rosa dos Santos afirmou que não há dúvida sobre a materialidade e autoria dos delitos, o que impõe a condenação de ambos. “Diante dos fortes elementos de convicção que os autos espelham, não restam dúvidas de que o proceder dos acusados se amolda, perfeitamente, ao tipo penal descrito na denúncia, sendo a condenação medida criteriosa que se impõe, já que ausentes circunstâncias que excluam o crime ou os isentem de pena.”

Cabe recurso da decisão.

Processo nº 1501336-16.2017.8.26-0536

 

Fonte: Comunicação Social TJSP

Sobre André Luiz Badaró

Diretor Executivo e Jornalista Responsável