Bovespa passa a cair menos após perder mais de 3%

Mercados reagem à notícia de anulação da votação do impeachment.
Na semana passada e no mês, a bolsa perdeu de 4,07%.

bovespa31

A Bovespa passou a cair menos nesta terça-feira (9), após chegar a perder mais de 3% com a notícia de que o presidente interino da Câmara, Waldir Maranhão, anulou a votação do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

A bolsa também refletia o recuo no preço das commodities após dados fracos sobre comércio exterior na China no fim de semana.

Às 14h18, o Ibovespa, índice que reúne as principais ações da bolsa, caía 1,44%, aos 50.972 pontos. Mais cedo, chegou a cair 3,5%

Já o dólar operava em alta, chegando a passar de R$ 3,60.

As ações da Petrobras e da Vale puxavam a queda do índice. Mais cedo, chegaram a cair mais de 10%.

Perto do mesmo horário, a Vale perdia mais de 9% nas ações ordinárias (que dão direito a voto em assembleias da empresa), e quase 8% nas preferenciais (com preferência na distribuição de dividendos).

A queda refletia o movimento de ações de outras mineradoras no exterior, com dados ruins sobre o comércio na China preocupando o mercado.
Entenda por que dados sobre a China afetam as bolsas pelo mundo.

Os papéis preferenciais e ordinário da Petrobras caíam mais de 4% e os ordinários, mais de 6%, na esteira do noticiário político e também pressionada pelo recuo dos preços do petróleo.

Cenário interno e externo
O mercado segue acompanhando os desdobramentos do processo de impeachment de Dilma Rousseff. Até então a votação do afastamento temporário da presidente Dilma estava agendada para esta quarta-feira.

Mais cedo, a equipe da corretora Coinvalores ponderou em nota a clientes que o afastamento da presidente já estava, em boa medida, precificado pelo mercado, chamando atenção justamente para a formação da equipe de Temer.

No exterior, preocupações sobre a economia da China influenciavam o mercado. No fim de semana, foram divulgados dados mais fracos que o esperado sobre o comércio de abril no país, com queda tanto das importações quanto das exportações.

Na sexta-feira, a bolsa fechou em alta de 0,09%, aos 51.717 pontos. Na semana e no mês, a bolsa perdeu de 4,07%. Em 2016, o índice tem valorização de 19,3%.

 

Sobre André Luiz Badaró

Diretor Executivo e Jornalista Responsável