Internacional

ONU: destituição de procuradora venezuelana é quebra do Estado de Direito

  O Escritório do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos disse, nesta terça-feira (8), que a destituição da procuradora-geral da Venezuela, Luisa Ortega, é mais uma demonstração da ruptura do Estado de Direito no país. A informação é da Agência EFE. “A destituição da procuradora-geral [da Venezuela] está na linha do que estivemos denunciando, que o Estado ...

Leia mais... »

Rússia critica comunidade internacional por pressão sobre a Venezuela

A Rússia pediu hoje (31) que a comunidade internacional se contenha em seus “planos destrutivos” de pressão sobre a Venezuela, após a votação da Assembleia Nacional Constituinte realizada ontem. A informação é da agência EFE. “Esperamos que aqueles membros da comunidade internacional que querem rejeitar os resultados das eleições venezuelanas e aumentar a pressão econômica sobre Caracas mostrem contenção e ...

Leia mais... »

ONU pede que Venezuela respeite liberdade de manifestação de seus cidadãos

  O Escritório do Alto Comissionado das Nações Unidas para os Direitos Humanos (ONU) pediu nesta sexta-feira (28) às autoridades da Venezuela que respeitem o direito dos seus cidadãos à liberdade de expressão, assembleia e manifestação pacífica. A Informação é da Agência EFE. “Estamos muito preocupados pela proibição dos direitos básicos de expressão e manifestação, especialmente no contexto do processo ...

Leia mais... »

Venezuela exige que Colômbia e México expliquem plano para derrubar Maduro

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, exigiu que Colômbia e México esclareçam as declarações atribuídas a um diretor da CIA (agência de inteligência dos Estados Unidos) sobre um suposto trabalho conjunto para derrubar seu governo e advertiu que, após essas explicações, tomará decisões políticas e diplomáticas. As informações são da EFE. “Eu exijo que o governo do México e o ...

Leia mais... »

Congresso do Equador arquiva pedido de julgamento de vice-presidente

    O Conselho de Administração Legislativa (CAL) da Assembleia Nacional do Equador arquivou, ontem (18) à noite, um pedido da oposição para investigar o vice-presidente Jorge Glas, a quem acusavam de corrupção. Segundo a oposição, Glas teria recebido subornos da brasileira Odebrecht e também da estatal Petroecuador e do grupo Caminosca, durante a gestão do presidente Rafael Correa (2007-2017), quando respondia ...

Leia mais... »

Manifestantes voltam a protestar contra o G20 nas ruas de Hamburgo

Manifestantes voltaram a ocupar as ruas de Hamburgo, na Alemanha, onde começa nesta sexta-feira (7) a cúpula do G20. Os ativistas são contra o encontro dos chefes de governo das 20 maiores economias do mundo. Alguns distúrbios já foram registrados na manhã desta sexta. Carros foram incendiados e há confrontos com a polícia. Não há informações sobre feridos.

Leia mais... »

Trump e Merkel conversam por telefone sobre mudanças climáticas antes do G20

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, teve uma conversa por telefone com a chanceler alemã, Angela Merkel, antes da cúpula do G20 em Hamburgo, na Alemanha, informou a Casa Branca. “Numa extensa discussão, os líderes abordaram as questões climáticas, a Iniciativa de Financiamento das Empreendedoras da Mulher e o comércio, incluindo a capacidade global do aço,” disse a Casa ...

Leia mais... »

Setor turístico cresce na China e já movimenta mais de 10% da economia

  O turismo doméstico e internacional tem aumentado entre os chineses, impulsionando a economia e a geração de empregos. Em 2016, a indústria turística chinesa contribuiu com 10,26% do PIB (Produto Interno Bruto, soma de todos os bens e serviços produzidos no país). As informações são do diretor-geral adjunto do Departamento de Marketing e Cooperação Internacional da Administração Nacional de ...

Leia mais... »

Parlamento alemão aprova legalização do casamento gay no país

  O plenário do Bundestag, a Câmara dos Deputados da Alemanha, aprovou nesta sexta-feira (30) a legalização do casamento homossexual no país, um projeto liderado pelos social-democratas, rompendo o acordo de coalizão com os conservadores da chanceler Angela Merkel. A informação é da Agência EFE. A três meses das eleições gerais, a iniciativa foi apoiada por 393 deputados, recebeu 226 ...

Leia mais... »