Últimas

Com Operação Fumaça, Gaeco desarticula organização criminosa no interior de SP

O grupo prometia interceder junto a autoridades públicas para resolver as pendências criminais das vítimas
Nesta terça (5/12), o Gaeco deflagrou a Operação Fumaça com o objetivo de desarticular organização criminosa que praticava extorsão, corrupção passiva e concussão, dentre outros crimes. A ação contou com apoio da Polícia Militar, da Corregedoria da Polícia Civil, e da Receita Federal.
Foram cumpridos seis mandados de prisão preventiva em face de advogados, empresários e executivos, e três mandados de condução coercitiva, dois deles contra agentes públicos. Também foram cumpridos 11 mandados de busca e apreensão, nas cidades de Rio Claro, Piracicaba, Itu, Piraju, Avaré e São Paulo.
Ao longo da investigação descobriu-se que a organização criminosa identificava potenciais vítimas dentre empresários que eram investigados criminalmente. O grupo prometia que iria interceder junto a autoridades públicas do sistema de Justiça penal para resolver as pendências criminais de suas vítimas e forjava mandados de prisão e notícias sobre operações do Gaeco contra suas vítimas prometendo que as ordens de prisão e operações seriam suspensas caso os valores exigidos fossem pagos.

Fonte: Núcleo de Comunicação Social MPSP

Sobre André Luiz Badaró

Diretor Executivo e Jornalista Responsável