Guarulhos ganha lei que institui programa de combate à violência doméstica

woman in fear of domestic violence

O município de Guarulhos instituiu recentemente, por meio da lei nº 7600/17, o programa “Prevenção da Violência Doméstica com a Estratégia de Saúde da Família”, idealizado pela promotora de Justiça Fabíola Sucasas. Com a iniciativa, agentes comunitárias de saúde de Guarulhos passarão por capacitação para enfrentar o problema da violência contra a mulher durante as visitas realizadas à população.

A ideia central do programa, que recebeu menção honrosa na edição 2016 do Prêmio Innovare, é aproveitar a posição estratégica ocupada por agentes de saúde para a disseminação de informações que possam proteger as mulheres da violência de gênero, além de promover a aproximação com a rede de atendimento e defesa da mulher.

Além de Guarulhos, leis similares já instituíram o “Prevenção da Violência Doméstica com a Estratégia de Saúde da Família” nos municípios de Bragança Paulista, Leme e Ubatuba, contando com a atuação dos promotores de Justiça Daniela Romanelli, Carolina Anson, Ana Maria Buoso e Rafael Costa.

Para Fabíola Sucasas, o fato de Guarulhos ter instituído o projeto é importante porque, além de representar uma frente indispensável ao enfrentamento da violência doméstica contra a mulher reconhecida pela Câmara e pela prefeitura, traduz uma iniciativa que pauta uma política pública permanente e que necessita de investimento.

Sobre André Luiz Badaró

Diretor Executivo e Jornalista Responsável