Justiça determina apreensão de computadores utilizados em eleição de clube paulista

ELEIÇÕES CORINTHIANS- ESPORTES – Muita confusão após Andrés Sanchez ser eleito o novo presidente do Corinthians. O empresário venceu a disputa contra Antônio Roque Citadini, Felipe Ezabella, Paulo Garcia e Romeu Tuma Júnior e será o responsável por comandar o clube até novembro de 2020. Andrés volta ao cargo, após três anos e quatro meses.. FOTO:WERTHER SANTANA/ESTADÃO

O juiz Ulisses Augusto Pascolati Junior, do Juizado Especial Criminal, determinou a busca e apreensão dos computadores utilizados na apuração dos resultados das eleições para a diretoria do Sport Club Corinthians Paulista, realizadas em 3 de fevereiro.

O pedido de instauração de inquérito policial foi feito por uma das chapas concorrentes, sob a alegação de que o programa de computador responsável por consolidar e gravar os votos ao final do pleito não foi o mesmo auditado antes do início da votação pelos auditores presentes.

Em sua decisão, o magistrado ressalta que “as afirmações expostas no pedido inicial são extremamente graves, ainda mais porque envolvem um dos maiores clubes do Brasil e que, por isso mesmo, não pode haver dúvidas sobre a lisura de seu pleito eleitoral”.

Processo nº 0010418-172018.8.26.0050

Fonte:   Comunicação Social TJSP

Sobre André Luiz Badaró

Diretor Executivo e Jornalista Responsável