Polícia e prefeitura fazem ofensiva contra avanço de bairros irregulares em Taubaté

Cidade tem mais de 100 ocupações clandestinas, segundo levantamento.

Polícia Civil e a Prefeitura de Taubaté atuam em parceria para tentar conter o avanço dos bairros irregulares na zona rural. Um levantamento divulgado nesta semana mostra que a cidade tem pelo menos 100 ocupações clandestinas.

Moradora de um loteamento irregular, a dona de casa Edina Sibaldo, reclama da falta de estrutura. Ela admite que quando comprou o terreno sabia que o imóvel era irregular. “Era o que eu podia comprar na época”, disse. Ela mora no local a quase 10 anos.

A região do Barreiro, onde Edina mora, é a que mais tem imóveis nessa situação. Como vender e comprar imóveis nessa situação é crime, a prefeitura decidiu contar com a ajuda da polícia, do Ministério Público e também com representantes de imobiliárias.

O levantamento apresentado nesta semana tem 2,7 mil páginas, com mapas e relatórios que mostram que até áreas de preservação ambiental, como a Mata do Bugiu, foi ocupada irregularmente.

O trabalho da polícia começa tentando identificar as pessoas que vendem esses terrenos.

O objetivo é congelar os locais que já foram ocupados e não permitir que novas áreas sejam invadidas de forma clandestina.

Fonte: G1

Sobre André Luiz Badaró

Diretor Executivo e Jornalista Responsável