URGENTE! Agências do INSS organizam paralisações em todo o país!

A situação caótica no quadro funcional do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) acaba de ganhar nuances, ainda, mais dramáticas! A Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (Fenasps) organiza paralisações de agências do INSS em todo o país!

Uma das principais reivindicações do grupo é a contratação de novos servidores pela convocação de excedentes do certame anterior e a realização de nova seleção. O movimento objetiva exigir um posicionamento por parte do governo federal. As regras da paralisação devem ser definidas em plenária nacional no dia 07 de julho.

Na pauta, como mencionado, estão o aval para a chamada de, pelo menos, 475 candidatos aprovados no concurso de 2015, além da liberação de vagas em novo edital. A implantação do plano de carreira com incorporação de gratificações e adicional de qualificação, também, estão entre os pedidos.

De acordo com a Federação, o grupo irá cobrar, também, propostas sérias para a solução definitiva dos problemas apresentados pelo Instituto. O INSS conta, atualmente, com o grave déficit acima de 16 mil servidores, a maior parte em razão de aposentadorias.

Como está a situação do Concurso INSS?

Concurso INSS 2018 é um dos temas mais falados entre concurseiros e, também, representantes do governo! O Instituto tem pedido com 16.548 vagas sendo analisado pelo Ministério do Planejamento, sendo 7.580 com provimento por meio de novo concurso público.

Desde que foi protocolada na Pasta, a solicitação tem tido andamentos entre seus departamentos, porém, segue sem previsão de ser autorizada. No entanto, sua análise torna-se urgente, na medida em que a crise de pessoal vai ficando mais grave.

A Defensoria Pública da União (DPU) chegou a ajuizar ação pública com pedido de tutela na tentativa de diminuir os problemas de atendimento. Além da falta de servidores, foi apontado que a maior parte das solicitações e serviços são feitos pela agência digital sem, entretanto, haver total acesso pelos usuários.

O novo presidente do Instituto, Edison Garcia, afirma que a questão de pessoal é uma de suas principais prioridades. Segundo ele, é percebida a situação calamitosa do Instituto, diante do aumento de demandas e redução do atendimento aos segurados.

Por isso, ele também apresenta a chamada de excedentes como uma das formas de solução mas, é ciente de que o contingente não será suficiente para sanar o problema. Antes da manifestação de Garcia, entretanto, outras alternativas chegaram a ser dadas para minimizar os danos.

Uma delas foi a possibilidade de contratar estagiários para reduzir a sobrecarga do trabalho nas agências. Essa foi uma proposta apresentada pelo presidente anterior, Francisco Lopes, em reunião com sindicalistas mas, a recepção não foi das mais positivas.

A calamidade no quadro pessoal, aliás, é tema de nota técnica enviada ao Planejamento. No documento, o INSS busca sensibilizar o governo quanto às aposentadorias já realizadas, previstas e agências que sequer receberam novos servidores porque não foram inclusas na seleção anterior.

Concurso INSS 2015

Em 2015, o INSS lançou concurso com 50 vagas imediatas, sendo 150 para analista e 800 para técnico. Os candidatos foram selecionados por meio de  provas objetivas (conhecimentos básicos e específicos) e perícia médica.

No geral, foram abordadas as seguintes disciplinas:

  • Língua Portuguesa
  • Noções de Informática
  • Direito Constitucional e Administrativo
  • Legislação Previdenciária
  • Legislação da Assistência Social, do Trabalhador e Pessoa com Deficiência
  • Conhecimentos específicos

Foram registradas 1.087,789 inscrições. O certame teve validade de um ano prorrogada por igual período vencendo, então, em agosto deste ano.

Por Luciana Gomides
Fonte: editalconcursosbrasil.com.br

Sobre André Luiz Badaró

Diretor Executivo e Jornalista Responsável